Tag Archives: estilo de vida saudável

O DESAFIO DE PEDIR E ACEITAR AJUDA

Estou lendo o livro “Mais forte do que Nunca” (em inglês, Rising Strong) da incrível Brené Brown. Tem sido uma ótima leitura neste período de fins e recomeços que tenho vivido.

Para quem não conhece esta escritora pesquisadora, procure no Youtube e Google e prepare-se para aprender sobre vulnerabilidade, culpa e vergonha de uma forma que você talvez nunca tenha pensado antes. Supeeerrr recomendo! Continue reading O DESAFIO DE PEDIR E ACEITAR AJUDA

Desapego gera leveza e liberdade

Nós temos o poder de escolher o que mantemos nas nossas vidas. Se não faz feliz, por que continuamos insistindo?

A prática do desapego é uma das mais poderosas (se não a mais poderosa) para gerar mais leveza e abrir espaço para que novas possibilidades se manifestem na sua vida.

Desapegar de coisas, roupas, objetos pode ser bem complicado para algumas pessoas. Quem não tem aquela roupa que acha linda, mas que não usa mais tanto assim? Ou aqueles objetos que estão esquecidos em algum lugar da sua casa, e que você pensa que talvez um dia vão ter alguma utilidade, mas já passaram 10 anos e você realmente nunca precisou deles? Continue reading Desapego gera leveza e liberdade

Faça mais daquilo que te faz feliz e dê menos ouvidos aos comentários alheios.

Estive pelo Brasil nas últimas duas semanas, e sempre que vou para lá, vou com meu modo “estudante aprendiz” ativado. Claro que estou sempre aprendendo aqui também, porém a mudança na rotina, as interações com pessoas diferentes e a própria localização me colocam  em um modo de observação mais intenso que o normal.

Além do momento incrível que vivi no encontro Ser Mulher, que realizei com a Gabi Squizato em São Paulo, passei alguns dias na presença da minha família, vi minha irmã se casando linda e feliz, e foi muito melhor do que matar a saudade, pois também trouxe muitos aprendizados de lá na “mala”, talvez simples porém cheios de significado para mim.

Um destes é o seguinte:

É saudável e positivo confiar na sua intuição e fazer aquilo que te faz feliz, mesmo quando todos (ou alguns) a sua volta acham isso uma bobagem ou um supérfluo.

Pode ser que você já esteja careca de saber disso, e não pareça nada de novo. Mas me permita aprofundar neste assunto.

Será que estamos realmente fazendo aquilo que nos faz feliz?

Ou estamos usando boa parte da nossa energia e do nosso tempo nos preocupando com o que os outros pensam, com o que achamos que os outros pensam, ou com o que as pessoas a nossa volta gostam de fazer, ou que aquela pessoa que você ama quer você faça, ou você até tenta começar algum projeto que vai te fazer feliz, mas se deixa levar pelos comentários negativos das pessoas a sua volta?

smiling-woman-on-bridge
Para ser mais feliz, se importe menos com o que os outros pensam!

Eu já me percebi dos dois lados desta situação. Sendo aquela que deixou de fazer o que queria por me conectar com a negatividade alheia, como também já fiz comentários desnecessários (sem maldade) sobre algo que estava fazendo outra pessoa feliz. E percebi algumas crenças bem limitantes quando observei este meu comportamento.

Geralmente isso acontece com aqueles mais próximos a nós, e com quem temos mais intimidade, e por isso achamos que podemos meter o bedelho e dar pitacos na vida dos outros. Não, não temos que dar pitacos sem ser requisitados. Se alguém perguntar a sua opinião, ok, aí seu pensamento pode ser compartilhado, porém dizer que alguém está sonhando demais, ou perdendo tempo, ou poderia fazer algo de outra forma (da sua forma), é desnecessário e nem um pouco positivo, nem para você que poderia estar melhorando algo na sua própria vida.

Outra reflexão que quero te convidar a fazer é a seguinte: quantas vezes ao dia você faz algo que te alegra e te faz sentir vivo e grato?

Você talvez se identifique com isso, talvez não.

Eu sou uma pessoa que sempre tive problemas em lidar com conflitos, daquelas que faz tudo para não entrar em uma discussão. E muitas vezes isto me prejudicou pois eu deixava de fazer o que eu queria para manter a harmonia do ambiente.

Claro que precisamos fazer negociações e concessões as vezes, pois somos seres sociais.

Estou falando aqui do quanto deixamos nossas vontades mais profundas de lado pelo simples fato de não querer desagradar outras pessoas.

E esta lição para mim é enorme, pois quanto mais eu faço aquilo que me agrada, aquilo que meu coração me pede, mas eu percebo que inspiro as pessoas a minha volta a fazer o mesmo. Quanto mais eu me dou espaço para ser eu mesma, mais eu permito que os outros se libertem também!

15895584015_fc57acb741_o

Aceitar que a minha vontade é importante  é auto respeito, é amor próprio e não egoísmo como somos ensinados desde crianças. Fazendo algo de coração, focando na amorosidade e no que a minha intuição me diz, eu canalizo a alegria e a positividade, pois faço algo que me traz prazer em viver, e isso reflete nas minhas conversas, ações e vai contagiando as pessoas que eu encontro de alguma forma.

Por isso, eu gostaria de convidar você a refletir hoje sobre os seus desejos, vontade e sonhos.

Se tem algo que nutre a nossa alma de verdade é fazer algo que nos traz prazer!

Não apenas ingerir uma dose de açúcar ou outra substância que dá uma “high” rapidinha e depois passa deixando aquela sensação de dependência. Você até pode comer um doce pensando na alegria do momento, usando todos sentidos e estando presente, porém não criar a expectativa de que o doce em si é a causa da sua alegria. Estou falando de alegria e prazer pela experiência do momento, de fazer algo que te faz sentir vivo!

O que você tem vontade de fazer, algo que sente que vai te deixar muito feliz, e que por diversos motivos, você vem deixando para depois?

Quais são estes motivos que te fazem procrastinar a sua própria alegria?

O que você tem colocado como prioridade na sua vida?

A vida está acontecendo agora, e só você pode se responsabilizar pelo que experiência e sente. Ninguém mais tem o poder de te fazer sentir melhor, então, pegue esta sua vontade e dê um jeito de fazê-la ser atendida!

Pode ser algo simples, como ir a um lugar que você quer conhecer na sua cidade. Ou talvez seja uma viagem a um outro país, e precise de mais planejamento.

O que quer que seja, procure refletir se você não está deixando a sua felicidade para depois. Nada é mais importante que você se sentir bem com você mesma.

Agora quero saber de você! Comente aqui embaixo o que você tem feito para realizar os seus pequenos e grandes sonhos, desejos simples e complexos, e que pensamentos vem a sua mente ao pensar nas questões acima.

Se gostou do texto, compartilhe com seus amigos. Eu sou muito grata pela sua presença e apoio para continuar compartilhando mensagens de nutrição para o corpo, mente e alma!

Até a próxima!

Um grande beijo!

Taísa

 

Crédito das Imagens: Visualhunt

Alimente Sua Vida – Mentoria em Grupo

Eu sinto que muitas pessoas desejam ter um estilo de vida mais saudável porém não sabem onde encontrar um espaço seguro e acolhedor onde possam falar dos seus desafios e ser ouvidas com atenção.

Pensando nisso, eu tenho desenvolvido a minha habilidade em orientar e possibilitar a conexão verdadeira em grupos de pessoas, gerando mais motivação e inspirando a mudanças positivas na alimentação, na forma com se trata e na forma como lida com os seus sentimentos. Continue reading Alimente Sua Vida – Mentoria em Grupo

Alimentação saudável pesa mais no bolso? 5 dicas para usar melhor seu dinheiro na hora das compras.

Alimentação saudável é mesmo mais cara do que uma alimentação comum?

Eu sempre ouço alguns comentários sobre como comprar alimentos mais saudáveis pode aumentar a fatia do mercado no orçamento no final do mês. E eu estou questionando este pensamento pois sinto que este argumento é usado como uma forma de não olhar para o real problema: falta de comprometimento com a própria saúde e bem-estar.

Algumas pessoas já me disseram que preferem comprar produtos industrializados por que eles tem um custo geral menor do que comprar legumes, verduras e frutas variados.Eu respeito a opinião individual, mas gostaria de apresentar um outro lado desta mesma moeda.

Realmente, em vários lugares o custo dos alimentos inteiros, frescos e orgânicos  é um pouco maior do que um carrinho cheio de pacotes, refrigerantes, caixas de congelados e enlatados, como os que eu vejo saindo do supermercado.

Porém este valor investido em alimentos que o nosso organismo reconhece como comida volta como saúde, melhores níveis de energia, disposição, menos chances de desenvolver doenças, equilíbrio hormonal e emocional, peso saudável e satisfação em se sentir bem consigo mesmo.

Comer mais saudável não vai resolver todos os seus problemas, porém vai com certeza prevenir muitos deles! Ou você prefere usar todo seu dinheiro economizado em remédios, hospitais e tratamentos com imprevistos que “surgem do nada”. Lembre-se que as suas células usam o material que você dá para elas trabalharem. Ao escolher alimentos de melhor qualidade, o seu corpo será construído da mesma forma, e os seus órgãos não vão precisar trabalhar em dobro para eliminar todos os excessos de conservantes, açúcares, gorduras hidrogenadas, corantes e sabores artificiais que os alimentos industrializados contém.

Isso é uma questão de PRIORIDADE!!!
Quais são as suas prioridades?
Até que ponto a sua saúde é uma prioridade para você?

Algumas pessoas não classificam a sua saúde e o seu bem-estar como prioridade. Portanto a alimentação acaba ficando em terceiro ou quarto plano para elas. As roupas ou o carro parecem ser uma prioridade maior as vezes.

Tudo bem se você prefere usar o seu dinheito em outras coisas. Eu não estou julgando esta atitude, apenas estou dizendo que alguém que não quer investir em uma alimentação mais saudável e variada prefere usar o seu dinheiro de acordo com o que acha mais importante do que a sua própria saúde. E vamos falar a verdade, estas pessoas muitas vezes pagam uma nota para o plano de saúde, mas na verdade não estão se ajudando em nada ao comer frituras, tomar refrigerante e comer mal o tempo todo.

autossabotagem-dieta

Você não precisa comprar chia, frutas vermelhas e óleo de coco para manter a sua saúde em dia.

Para ter uma alimentação saudável e equilibrada você não precisa comprar produtos mais caros ou importados, e sim usar a criatividade com os alimentos que existem em maior quantidade onde você mora.

Se você sabe a importância e quer investir na sua saúde, eu sou totalmente a favor da compra este alimentos que citei acima como exemplo, mas eles não são obrigatórios. Porém se estiver muito acima do seu orçamento, não use isso como desculpa para não cuidar da sua saúde através da sua alimentação. Seguem abaixo 5 dicas que vão te ajudar a se alimentar melhor sem precisar gastar todo seu dinheiro no mercado.

1. Compre os legumes e frutas da estação

É possível comer muito bem variando com as frutas e legumes da estação, que são aquelas com o melhor preço se comparadas aos vegetais que não são naturalmente encontrados na estação vigente. Procure pelas feiras de produtores locais na sua região, lá você vai saber quais são os vegetais da época, observando as cores mais vivas e os preços mais acessíveis. Converse com os agricultores para saber como o cultivo foi feito. Este contato com quem fornece a sua comida é muito positivo.

comidas-saudaveis-frutas-legumes

2. Pesquise as promoções da semana nos folhetos

Procure por folhetos impressos dos mercados ou na internet, e faça uma lista do que você encontrar com os melhores preços. Depois faça a sua logística e veja quais mercados você vai economizar mais ao comprar. Você pode comprar os itens que estiverem mais em conta em cada mercado também, basta se organizar.

3. Reduza o consumo de carne vermelha e prefira carnes brancas 

Além do benefício de economizar ao comprar menos carne vermelha, você estará ganhando muita energia física ao deixar de fazer a digestão da mesma. A carne de gado demanda muito mais energia e tempo do organismo para ser digerida completamente do que outras opções de proteínas, podendo levar até mais de 2 dias dentro no sistema digestivo. Você pode pensar que é difícil, mas eu sou gaúcha, meu pai assa o melhor churrasco do mundo e eu consegui mudar este hábito, então qualquer pessoa consegue! Se parecer demais, experimenta fazer 2 ou 3 dias por semana sem carne, e faça as contas de quanto você economizou. Observe também como o seu corpo reage.

4. Aumente o consumo de ovos ou fontes de proteína vegetal

Você não precisa virar vegetariano se não quiser, mas eu incetivo que você faça um teste e experimente por 1 ou 2 semanas comer mais ovos e leguminosas como fonte de proteína no lugar da carne. Ovos são alimentos cheios de nutrientes, gorduras boas para o coração (já está comprovado cientificamente que você não precisa mais descartar as gemas), vitaminas do complexo B, ajudam a formar o colágeno e a saúde dos olhos e do sistema nervoso. Grão-de-bico, feijões, lentilha, ervilha e quinoa são ricos em proteína de fácil digestão, são fontes de carboidratos complexos e fibras, o que ajudam quem está cuidando do peso e ainda se encaixam na categoria “bons de preço”.

5. Compre em quantidades menores e reduza o desperdício.

Talvez uma parte do que você compra acabe indo para o lixo pois você não consegue usar tudo a tempo. A salada estraga, alguns produtos passam da data de validade, e o seu dinheiro vai para o ralo. Para evitar isso, compre em quantidades um pouco menores e tente usar o que está há mais tempo na sua despensa primeiro. Compre apenas o que precisa ser reposto e vá criando com as sobras de comida. Diminua o desperdício de vegetais fazendo sopas e caldos, e use as cascas e resíduos das frutas em receitas de bolos ou pães. Dessa forma você estará não só economizando mais reaproveitando muito mais os nutrientes dos alimentos.

Para algumas pessoas é mais importante ter um novo par de sapatos a cada mês, mas o almoço pode ser um miojo ou um pastel e o lanche é bolachinhas e salgadinhos. Não que comer isso seja errado, mas eu estou falando de hábitos diários, de alimentação cotidiana. O corpo é quem acaba pagando esta conta, infelizmente!

Então não é uma questão de que seja mais caro se alimentar melhor, é uma questão se saber por que você está investindo na sua saúde. Se o seu corpo se constrói a partir do que você come, por que então você vai dar alimentos de baixa qualidade para ele?

Você entende que alimentos processados vem carregados de conservantes, sabores artificais, sódio, gorduras hidrogenadas, açúcar refinado, açúcar invertido e outros tipos, ingredientes que ninguém consegue pronunciar e uma lista interminável de ingredientes, é por que este produto não é bom para o seu corpo nem para a sua saúde.

A natureza fez um trabalho magnífico nos providenciando com tantas cores, nutrientes, formas, sabores, alimentos diferentes em cada estação e nós, teimosos e mimados, resolvemos que queríamos coisas coloridas e saborizadas artificialmente. Está na hora de olhar de novo para a natureza e fazer escolhas que estejam de acordo com a nossa sabedoria interna.

Eu espero que esta leitura sirva para uma reflexão, e que você pense no investimento que poderá fazer na sua própria saúde e da sua família ao fazer melhores escolhas para a sua alimentação.

O que você acha deste assunto agora? Vamos investir na nossa alimentação e nos cuidados com o nosso bem-estar? Espero que as dicas possam ajudar você nas suas próximas compras!  Escreva e me conte!

Um beijo!
Taísa Bohrer

Obs.: cada pessoa sabe o que faz com o seu dinheiro, e pode comprar quantos pares de sapato quiser, isto não é um problema. O comentário foi usado para ilustrar uma situação em que alguém não está priorizando a sua saúde e bem-estar.

Como Transformar o Perfeccionismo em Gratidão em 5 segundos

Você sabe o que precisa ser feito mas não faz? Pode ser o perfeccionismo escondido por tráz do medo de falhar ou de dar certo!

A dica que compartilho hoje faz a voz do perfeccionismo baixar de volume, como se você não ouvisse mais os seus comentários “sórdidos” abrindo espaço para a voz da sua essência sobressair. Mas é importante ressaltar que quanto mais você aprofundar o seu autoconhecimento e o que está impactando a sua vida negativamente, melhor você vai lidar com esta situações.

Quem vive com o perfeccionismo não gosta de admitir que o faz (sentiu aí?).  E declaro, ninguém é perfeccionista, ele aparece com maior ou menor frequência para cada pessoa. Ter a consciência e estar alerta  da sua existência é o caminho para não permitir que este sentimento trave as suas ações. Continue reading Como Transformar o Perfeccionismo em Gratidão em 5 segundos

Estou mais pertinho de você!

Saiba como me encontrar no Periscope!

Você provavelmente já conhece o Periscope, este aplicativo  maravilhoso – na minha opinião- que permite a conexão direta e em tempo real com pessoas de qualquer lugar do mundo!!

Sendo a minha missão inspirar pessoas a transformarem suas vidas por meio da conhecimento e da prática da alimentação consciente e de hábitos saudáveis para corpo mente e alma, estou me aventurando por estes “mares” para levar esta mensagem a cada vez mais pessoas, e agora podemos bater um papo pelo menos três vezes por semana ao vivo!

Tenho um horário fixo, nas segundas, quartas e sextas, as 11h de Montreal (EUA EST- time) ou as 12h no horário de Brasília. Mas a reprise fica disponível por mais 24h caso você não possa entrar neste horário. O link da gravação está sempre no meu perfil do Twitter, veja aqui.

Dentre os temas que abordo, falo sobre mudança de hábitos, positividade, relação entre emoções e alimentação saudável, e como vencer seus medos e inseguranças.

Além destes assuntos, quando tenho algo muito interessante do meu dia-a-dia para mostrar para vocês, faço questão de aparecer por lá. Outro dia mostrei a minha opção de almoço em um restaurante “fast-food” de comida mais saudável que tem por aqui e é a minha salvação quando viajo.

Vou adorar te ver por lá!

Procure por @taisabohrer no Twitter e Taísa Bohrer no Periscope!

@taisabohrer

Assista a gravação de um dos meus scopes aqui!

Quer estar atualizado e receber minhas novidades no seu e-mail? Então cadastre-se clicado aqui e não perca mais nada!

 

3 Passos para Transformar a sua Alimentação Agora!

PEQUENOS PASSOS, GRANDES RESULTADOS.

Ao refletir sobre como manter um estilo de vida mais saudável do que você vive hoje, é possível que exista a crença de que isso é algo muito difícil de ser alcançado, que demandaria um esforço descomunal da sua parte, ou que seria muito chato deixar de comer o que você gosta par perder alguns kilos.

Isso acontece pois muitas pessoas acreditam que precisam fazer mudanças a jato, dando uma volta de 360º em poucos dias, e deixam de comer um belo prato de comida com gordura e carboidrato suficiente e começam a tomar apenas sucos detox por vários dias sem pensar nas consequências. E derepente, passam de sedentárias a atletas, começam a se exercitar intensivamente 5x na semana, e desejam ter o corpo da atriz da novela em 1 mês, pois o verão está chegando e você viu sua amiga no #projetobikini para se motivar…

Eu já vivi este desejo de ser algo que eu não era, e sei o quanto pode ser frustrante por vários motivos, mas o que vou focar aqui é o que eu acredito que traz mais resultados duradouros e reais transformações de hábitos. Você pode se motivar da forma que achar melhor, mas tenha consciência do quanto seu corpo e mente estão aptos a estes fatores.

Mas quem é que consegue fazer uma mudança em tão pouco tempo e não sentir que está passando por uma provação, ou sofre por estar privando seu organismo de tantas substâncias que estava acostumado a obter?

A consciência neste caso é de que qualquer um pode fazer mudanças bruscas e até obter ótimos resultados, porém quando desejamos manter esta mudança como parte do novo estilo de vida, elas precisam ser inseridas em um certo período de adaptação, com ajustes e respeitando os limites da pessoa.

MUDAR DE DIREÇÃO SIM, COM UM PASSO DE CADA VEZ

Tentar mudar o comportamento com a comida na velocidade da luz, é o maior fator de autossabotagem que pode ser estimulado. O organismo humano precisa de um tempo para se adaptar a cada pequena mudança. Ao desejar tranformações a jato, você está indo contra a natureza.

Imagine alguém que sempre comeu doces, todos os dias, por exemplo, como essa pessoa vai parar de repente, de um dia para o outro, retirando completamente o açúcar da vida dela?

Talvez ela consiga por alguns dias, mas quando estiver na frente de uma sobremesa novamente, ela pode perder o controle, como se o açúcar fosse o alvo de um vício, pois é assim que qualquer substância refinada (açúcar e farinhas) atuam no sistema nervoso central. A pessoa se comporta como se estivesse passando por abstinência ao ficar sem aquele alimento e ao encontrá-lo, algumas reações quimicas e neurológicas disparam uma sensação de que aquele alimento é fonte de prazer imediato, e então fica quase impossível controlar a compulsão.

Considerando estas questões, sugiro que você dê um passo de cada vez. Um passo de pequeno, mas de acordo com o que você acredita ser possível de fazer neste momento.

HÁBITOS ANTIGOS X HÁBITOS RECENTES

Acordar um dia com a determinação de melhorar a sua saúde e bem-estar é ótimo. Mas tentar fazer tudo diferente de uma só vez pode ser um verdadeiro desastre. Abrir mão de tudo o que você gosta de uma hora para a outra pode gerar desmotivação muito rápido, o que pode trazer a compulsão nos momentos de ansiedade ou stress. Este comportamento abre espaço para a insatisfação e para a autossabotagem.

Ao contrário disso, experimente introduzir alguns novos hábitos no seu dia-a-dia. Este caminho poderá ter impacto mais positivo no seu estilo de vida, gerando por exemplo, mais saúde e disposição progressivamente.

Quanto tempo você precisou para aprender a caminhar? E quanto tempo para aprender a falar? Meses, anos… Pois então, por que nós nos cobramos aprender em alguns dias o que levamos anos para cultivar, e não nos permitimos dar um passo de cada vez, e nem sequer errar?

A crítica excessiva e o perfeccionismo aumentam a carga de stress e a pressão emocional, e isso não ajuda ninguém a chegar onde deseja, pelo contrário, dificulta a caminhada.

Convido você a refletir sobre como você vem se cobrando. Pense a respeito do ritmo que você sente que é conveniente para você mudar de hábitos. Se errar, foi aprendizado, não uma falta. Não leve isso como algo que poderia ter sido melhor, analise como você agiu, perceba o que pode ser melhorado para as próximas vezes e vá em frente.

TRÊS ATITUDES PARA MELHORAR A SUA ALIMENTAÇÃO HOJE MESMO

Quer começar mas não sabe por onde? Experimente incluir essas três atitudes na sua rotina  a partir de hoje e observe o que acontece:

1. Beba mais água pura.

Se você bebe sucos de fruta ou refrigerante com frequência, substitua um copo da bebida por m copo de água pura, de preferência filtrada, e aumente o número de substituições na semana seguinte para dois copos de água para cada copo de bebida doce.

Além de hidratar, ajudar no funcionamento do organismo, no processo de eliminação de impurezas e para as funções cerebrais gerais, principalmente a memória, a água ajuda a regular a saciedade e diminui aquela sensação de fome sem fim.  Ao sentir fome, procure tomar um copo de água devagar e observar se talvez não era sede.

Refrigerantes tem uma grande concentração de açúcar e se tomados junto ou logo após as refeições atrapalham a digestão dos alimentos. Em uma lata de Coca-Cola tem o equivalente a 40g de açúcar, ou seja, mas de 10 colheres de chá de açúcar. Você colocaria isso no seu café?

Tenha sempre uma garrafa grande com água perto de você. Coloque frutas cítricas e folhas de menta ou hortelã para aromatizar. Eu uso rodelas de laranja e lima, e as vezes coloco o sumo de um pedaço pequeno de gengibre ralado, para ativar a circulação e ajudar na digestão.

2. Experimente comer verduras e vegetais crus quando estiver com pressa.

Brócolis, cenoura, couve-flor são crocantes e adocicados se consumidos crus, contém enzimas que favorecem o equilíbrio da flora intestinal, que é conhecida como segundo cérebro, e aumentam a sensação de saciedade. Se tempo for escasso para você, comer estes vegetais crus pode ser uma facilidade a mais, pois estando higienizados você pode guardá-los em potes fechados na geladeira e comer quando sentir fome.

E caso você precise de mais energia, vegetais crus ou frutas amarelas ou vermelhas são ótimas opções, pois são alimentos vivos, ricos em vitamina C e da luz solar, que aumenta a sua energia vital.

Brócolis é um dos vegetais com maior concentração de proteínas e tem poder detoxificante, e cenouras são ótimas para manter a pele e o bronzeado bonito. Experimente comê-los antes do almoço ou da janta se a fome estiver muito grande.

3. Troque o açúcar branco por melado, mel, tâmaras ou figos.

Estas substituições podem trazer muitos benefícios para a sua saúde, pois estes adoçantes naturais não são fontes de calorias vazias como o açúcar branco. Eles contém uma gama de nutrientes e minerais importantes para o funcionamento correto do seu organismo.

O açúcar branco, é um carboidrato simples que gera picos de insulina ao ser consumido, e estes picos sendo muito frequentes, podem estimular a insuficiência da produção de insulina, causando o diabetes. Por isso, se quiser continuar consumindo, pondere com consciência quanto a quantidade de açúcar branco ou mascavo usar.

O sabor pode ser um pouquinho diferente, mas é só uma questão de tempo até você acostumar. Ao utilizar frutas para adoçar, você aumenta a quantidade de fibras e contribui para o funcionamento regular do seu intestino.

Agora que você conheceu estas três atitudes,  sugiro que experimente estas práticas por algumas semanas. Comece com uma ou duas por vez se preferir e depois de sentir que estão completamente inseridas na sua rotina, descubra qual é o seu próximo passo e avance!

Se este texto foi útil para você, assine a minha newsletter e receba minhas dicas e estratégias de alimentação consciente diretamente no seu e-mail! Clique aqui e casdastre-se agora!

Você se permite olhar pela janela e apreciar a vista?

Quando você tem sonhos e objetivos e deseja muito que eles se realizem, você se coloca em movimento e dá os primeiros passos para chegar onde quer. Porém depois de um tempo, algo acontece e este sonho parece tão distante de se tornar realidade que você pensa que poderia usar seu tempo e energia de outra forma. Pode ser que você desista de ir em frente, e fazendo esta escolha, com frequência é possível que seus sonhos vão parar na gaveta, e talvez  você pense que não consegue terminar nenhum projeto que inicia. 

Tudo que é percebido como inalcançável, ou difícil demais de ser realizado, é um convite para a desistência, pois “demandaria” tanta energia e esforço, que muitas pessoas acabam nem começando a fazer o que é preciso, ou então começam mas não seguem adiante.

Continue reading Você se permite olhar pela janela e apreciar a vista?

Escolhas mais saudáveis e amor próprio!

Depois de 30 dias de participação no Desafio EnergyModeOn,  a linda Vanessa Medeiros, (Montreal) conseguiu mandar embora 4kg, ganhar muita energia e se sentir cada vez mais conectada com ela mesma! Além de estar mudando de hábitos, ela está mantendo este estilo de vida de uma forma leve, alegre e super animada!

Gratidão pela sua participação e pela inspiração Vanessa! Veja o relato das suas  belas conquistas abaixo:

Vanessa Medeiros
Vanessa Medeiros, participante do Desafio EnergyModeOn

“Último dia do desafio…eu me sinto uma vencedora, realizada, motivada e energizada, -4 kilos nesses 30 dias. E o meu balanço obviamente é positivo.

Saber q meu corpo e minha mente agora pedem alguma atividade, aprendi e estou aprendendo a fazer escolhas mais saudáveis na hora de comer e o principal me amar de novo, me sentir bem naquela roupa guardada no armário, poder entrar em uma loja sabendo que tem seu número, muito muito obrigada pela motivação de todas, e até julho manterei a minha meta já para começar um novo desafio melhor e mais forte!” Vanessa Medeiros, Montreal, Canadá.

 

Deseja participar de um grupo de mulheres inspiradores e aumentar a sua motivação para mudar os seus hábitos? Então clique aqui e entre para o Desafio EnergyModeOn Fase 3! Serão 14 dias de escolhas conscientes que vão te ajudar a nutrir seu corpo, mente e coração!