Creme de Abóbora e Gengibre

O friozinho canadense está incentivando a comer pratos quentinhos, e nada melhor que um creme de abóbora com gengibre para aquecer o corpo e aconchegar a alma!

Eu usei aquela abóbora mais comprida, com a casca laranja, a “butternut squash,  mas pode ser feita com a abóbora da casca verde escura também, ela é um pouco mais docinha e também vai ficar gostoso. Sempre cozinhe a abóbora com a casca para obter o máximo de nutrientes. Você só vai precisar tirar os pedaços de abóbora da água quente, colocar em um prato e separar a polpa com a ajuda de uma colher, e a casca pode ser assada com ervas e azeite de oliva, são ricas em cálcio, fibras e vários  outros minerais. As sementes também podem ser torradas do mesmo jeito, nunca coloque elas fora. São ótimas sobre saladas ou até mesmo com a sopa!

As abóboras em geral são fontes de carboidratos complexos, aqueles que ajudam a manter a saciedade por mais tempo, tem propriedades antioxidantes e antiinflamatórias. Ajudam a regular o trânsito intestinal devido as suas fibras, contém magnésio, importante mineral para melhorar o bem-estar e equilibrar várias funções do organismo. Além disso, são ricas em folato, importante nutriente para a saúde de mulheres grávidas e seus bebês.

Que tal preparar algo delicioso e nutritivo, e com uma cor maravilhosa?

CREME DE ABÓBORA E GENGIBRE

Ingredientes:

  • 800g de abóbora em pedaços de 5 a 7 cm.
  • 300g de cogumelos cremini ou shitake fatiados (opcional)
  • 1 cebola grande cortada em cubos
  • 3 dentes de alho
  • 3 tomates (orgânicos de preferência)
  • 1 lasca fina de gengibre
  • Orégano fresco ou ervas que você goste
  • Manteiga ou ghee para refogar os vegetais.
  • Sal marinho ou rosa
  • Pimenta do reino ou pimenta tabasco
  • Uma pitada de Cúrcuma (Açafrão da Terra) opcional

Modo de preparo

  1. Em uma panela grande, coloque a abóbora em pedaços médios, com a casca, cubra de água e cozinhe até ficar macio, uns 10 a 15 minutos. Coloque o gengibre junto.
  2. Retire os pedaços de abóbora da panela e reserve a água do cozimento para depois.
  3. Enquanto a abóbora cozinha, doure o alho e a cebola com um pouquinho de ghee ou manteiga. Adicione os cogumelos fatiados e os tomates picados em seguida.
  4. Deixe este molho refogar até o tomate quase se desmanchar.
  5. Coloque a abóbora cozida no liquidificador e transforme em purê. O gengibre vai também. Se a casca for fina pode bater junto, mas se for grossa melhor deixar  para fazer crakers, assando no forno com azeite de oliva e ervas. Use a água do cozimento para ajudar a processar.
  6. Retire o purê de abóbora do liquidificador e agora transforme o molho em um purê. Adicione um pouco da abóbora para ajudar a misturar.
  7. Volte os dois purês para a panela, tempere com pimenta e adicione o sal quando já tiver desligado. Adicione mais água do cozimento se precisar ajustar a cremosidade da sopa.
  8. Quem preferir pedaços, pode adicionar os cogumelos fatiados somente depois de bater, ou acrescentar outros vegetais cozidos. Se preferir proteína animal, pode usar frango desfiado no lugar dos cogumelos.

Gostou da receita? Então compartilhe! Vou adorar saber que você fez e gostou, me conta depois aqui nos comentários ok?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *