Como Transformar o Perfeccionismo em Gratidão em 5 segundos

Você sabe o que precisa ser feito mas não faz? Pode ser o perfeccionismo escondido por tráz do medo de falhar ou de dar certo!

A dica que compartilho hoje faz a voz do perfeccionismo baixar de volume, como se você não ouvisse mais os seus comentários “sórdidos” abrindo espaço para a voz da sua essência sobressair. Mas é importante ressaltar que quanto mais você aprofundar o seu autoconhecimento e o que está impactando a sua vida negativamente, melhor você vai lidar com esta situações.

Quem vive com o perfeccionismo não gosta de admitir que o faz (sentiu aí?).  E declaro, ninguém é perfeccionista, ele aparece com maior ou menor frequência para cada pessoa. Ter a consciência e estar alerta  da sua existência é o caminho para não permitir que este sentimento trave as suas ações.

A definição de perfeccionismo no dicionário Aurélio* aparece como:

“Tendência, patológica, em procurar exageradamente a perfeição.”

Ou seja, a pessoa que vive com o perfeccionismo não faz nada se não tiver certeza que aquilo sairá perfeitamente bem, ela não aceita errar ou falhar.

Este comportamento impede você de dar o próximo passo e começar algo como mudar a sua alimentação ou começar a se exercitar, pois você quer ser perfeito desde o início, ou de saltar e se aventurar em um projeto que vai encher seu coração de alegria!

O perfeccionismo não é ser organizado e gostar de planejar o futuro. Isso é muito positivo, ao contrário do perfeccionismo, em que você se sente bloqueado por medo de falhar, por medo de não saber como agir depois, ou por alguma crença limitante que está em desacordo com o que você deseja para a sua vida. Em resumo, atrasa a sua vida.

Quero te contar rapidamente como tenho aprendido a lidar com o perfeccionismo na minha vida para você entender como usar estas dicas na sua. 2015 vem sendo o ano em que meu trabalho está me possibilitando tantos aprendizados e alegrias,  que deixar meus sonhos na gaveta não é uma opção a ser considerada, nem de longe.

No dia 7 de abril de 2015, meu aniversário, após quase 8 anos no setor financeiro, eu decidi que sairia para não mais voltar, de um trabalho no qual eu não estava realizada e não estava contribuindo com o meu melhor para o mundo a minha volta. Tomei coragem e decidi seguir em tempo integral a minha paixão em ajudar pessoas a aprenderem  como a realizar transformações verdadeiras através da alimentação consciente.

Eu concluí a minha certificação como coach de nutrição integrativa em 2014 pela Institute for Integrative Nutrition, e desde de julho de 2014 pensava em como seria empreender e fazer o que eu amo,  inspirar pessoas a criarem uma vida energizada, feliz e saudável através da alimentação consciente para corpo, mente e alma.

Estou vivendo momentos maravilhosos desde que resolvi me lançar rumo ao meu sonho. Estou ao lado de pessoas incríveis, vejo mulheres integrando cada vez mais a sua beleza interior com a exterior, recebo muito amor e carinho como nunca imaginei antes receber. Também passei por algumas turbulências na minha vida pessoal, mas estou aqui hoje, muito feliz e grata por estar aprendendo nesta escola da vida, e cada dia expandindo um pouco mais a consciência sobre quem eu sou e o que posso fazer para contribuir com os outros nesta jornada.

Em vários momentos o medo apareceu e, tentando roubar meus sonhos, contava umas histórias bobas de que eu não estava fazendo a coisa certa, de que eu não deveria querer uma vida melhor do que a que eu tinha antes. “Mas afinal, por que você deseja viver algo diferente do que todos seus amigos e familiares desejam? Quem você pensa que é para fazer isso?” Meu ego me questionava com seu tom de inferioridade… Mas sempre que o medo aparecia e me dizia que eu não estava indo bem, eu respirava, olhava para trás e procurava as conquistas e momentos de alegria e de gratidão para analisar se realmente eu não fiz o bastante. Leia mais sobre como mandar o medo embora aqui. Ao fazer este “flashback, eu percebia que tinha muito mais motivos para comemorar do que para pensar que não estava no caminho certo!

Cadastre aqui  seu e-mail para receber minhas melhores dicas em primeira mão.

Hoje aconteceu novamente. Por uma fração de segundos, pensei que eu não fiz bastante, que poderia estar desperdiçando tempo. Reconheci na hora que isto é um traço do perfeccionismo, que já foi bem mais agudo, mas após ter trabalhado e melhorado através de terapia, florais de Bach e coaching, o mesmo ainda aparece para me cutucar e me tentar me fazer sentir que “não sou o bastante”.

Então, recorri a esta técnica do “flashback da gratidão“, enquanto tomava banho, e eu estava pronta com o “chicote do perfeccionismo para me açoitar”, respirei e escolhi fazer o inverso: comemorar tudo de positivo que eu fiz e que aconteceu este ano! Comecei a enumerar os momentos de gratidão e alegria que vivi este ano e tenho certeza que não consegui lembrar de todos, pois foram muitos. Lembrei que em março tive uma ideia de reunir mulheres para um Bazar de Desapego, aqui em Montreal, e com o apoio de várias pessoas, principalmente da minha querida Adriana Souza, minha amiga e mentora amada, se realizou e foi um sucesso enorme. Também participei do movimento empoderador para mulheres, o Ame-se por Inteiro, da coach de saúde integrativa Melissa Setúbal, uma pessoa que me inspira muito a sonhar alto e fazer o melhor sempre.

Meu primeiro evento on-line sozinha foi na primeira semana de maio e que desde então já fiz outros 3 hangouts gratuitos contribuindo com muito amor a quem deseja uma vida saudável, toquei várias pessoas com a minha mensagem. Palestrei em um Seminário sobre Bem-estar e Espiritualidade aqui em Montreal, me apresentando em inglês, algo que foi um grande desafio e me confirmou que posso ir mais longe sempre. Também fui convidada para palestrar no Encontro on-line Itinerários de vida, sobre viagens, auto conhecimento e natureza. Acompanho clientes maravilhosas, seres de luz que me alegram cada vez mais. Passei uns dias em Porto Rico e conheci uma cultura diferente, conheci e estou ao lado de pessoas que são muito especiais na minha vida, isso apenas para citar algumas destas alegrias que vivi este ano. Fazer este flashback foi MILAGROSO, e pude sentir o meu próprio abraço de carinho e amor lavar a minha alma enquanto a água escorria pelas minhas costas. Ao lembrar tudo isso, percebi o quanto foi melhor eu ter agido mesmo sem estar sempre 100% certa do sucesso do que se tivesse me recolhido ao medo e esperado o “momento perfeito”, que por sinal, é agora, ele é quando você quer que seja.

Em menos de 5 segundos, consegui mudar o foco dos meus pensamentos que iriam gerar sentimentos de baixa vibração, que drenariam minha energia, por pensamentos mais elevados, de amor e gratidão, e de alegria por ter aceitado o chamado da minha essência a realizar muitas coisas apesar do medo. Em alguns segundos, consegui me sentir mais viva, animada, consegui aumentar a minha vibração energética e sentir uma paz muito grande por ser quem eu sou e fazer o que faço.

Tenho cada vez mais consciência de que nos desenvolvemos pessoalmente e espiritualmente quando nos colocamos a serviço de algo maior do que nós, quando nos colocamos a disposição deste Amor Maior que está por todas as partes e dá Vida a tudo que nos rodeia. Quando você acredita que o que faz é positivo para as pessoas, o medo de errar vira um pequeno detalhe, quase insignificante frente a grandiosidade da sua missão.

E talvez você sinta as vezes que tem uma voz aí dentro dizendo “isso não é para você“… ou “para que mudar, você está tão bem assim?“. Mas eu posso te afirmar, esta voz tem medo pois ela não sabe o que pode acontecer no futuro, ela tem necessidade de controle pois acredita que está sozinha. Porém você está nesta jornada para brilhar, para ser quem você é sem amarras, deixar o medo escolher por você é inútil e não faz sentido algum.

O volume desta voz perfeccionista e medrosa precisa ser diminuído para dar lugar a voz da sua essência, para que você se conecte com quem você é de verdade, por isso o auto conhecimento é tão fundamental para ser feliz.

Este é um dos maiores motivos pelos quais eu me alegro ao acordar toda manhã, ao pensar que terei um dia maravilhoso pela frente, e que posso ajudar alguém a se redescobrir e se amar ainda mais. Sempre faço uma pequena oração, inspirada pela escritora Marianne Williamson, entregando o meu dia para o Universo-Deus-ou o nome que preferir da seguinte forma:”Como eu posso ser útil na vida de alguém hoje? Como eu posso ser um canal para que os milagres sejam realizados? Eu entrego meus pensamentos, ações e palavras para o meu Eu Maior, eu confio no que o Universo traz para a minha vida, eu recebo e agradeço tudo com muito amor e alegria. Assim seja.”

Agora eu convido você a refletir sobre seguir seu chamado, sua voz interior ou apenas “continuar a viver”. Você se sente conectada com a sua melhor e maior versão? Como você vem lidando com o perfeccionismo na sua vida? Faça o exercício do “flashback da gratidão” agora mesmo, escreva tudo de maravilhoso que você viveu neste ano e sinta a gratidão elevar a sua energia! Quando sentir que o medo de errar ou de falhar aparecer, lembre-se do que quanto você tem a contribuir com a sua história para muitas outras pessoas e vá em frente!

Vou adorar saber se esta leitura foi útil para você, comente aqui embaixo! Você acredita que consegue colocar estas dicas em prática? Compartilhe com seus amigos e familiares, muitas vezes ajudamos alguém que pode estar precisando ao compartilhar um texto ou mensagem positiva.

Se você gostou desta mensagens gostaria de receber mais dicas como esta em primeira mão no seu e-mail, cadastre-se clicando aqui.

*Fonte definição de perfeccionismo: http://dicionariodoaurelio.com/perfeccionismo

2 thoughts on “Como Transformar o Perfeccionismo em Gratidão em 5 segundos

  1. Lendo o que você relatou, acabei me enxergando no meio das palavras. Sou perfeccionista desde muito cedo e tenho isso como um defeito. Eu te agradeço por fazer a diferença e clarear as idéias!! Parabéns pelas sábias palavras, muito sucesso amiga! Saudades!!

    1. Minha amiga querida Marília, que bom receber sua visita aqui, gratidão! Que bom que esta leitura ajudou a clarear as ideias! O perfeccionismo excessivo nos atrapalha em muitas coisas, por isso tão importante o autoconheimento! Gratidão pelo seu comentário. Saudades! Grande beijo!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *